LAMP no aptosid

O acrônimo LAMP refere-se a um conjunto de softwares livres usados em servidores ou sites dinâmicos da Web. São eles:
Linux, o sistema operacional
Apache, o servidor Web
MySQL, o sistema gerenciador de banco de dados (ou, simplesmente, servidor de banco de dados)
Perl, PHP e/ou Python, linguagens usadas nos scripts

ATENÇÃO: Nunca use seu computador pessoal como servidor Web! Use um PC dedicado para fazer exclusivamente esse papel e nada mais!!

Tipos de servidores:
a) servidor de testes local para 'web designers', sem conexão com a Internet (será tratado no presente tópico);
b) servidor privado "fechado", conectado com a Internet;
c) servidor privado aberto, com total propagação pela Internet;
d) servidor web comercial (está além da cobertura deste tópico).

Requisitos Mínimos

256MB de RAM; menos que isso irá causar uma série de problemas, pois um servidor com mysql exige uma grande quantidade de RAM para rodar a contento. O mysql emitirá mensagens de erro como "impossível conectar com mysql.sock" se seu servidor não tiver memória suficiente.

The packages you will need to install are:

apache2
apache2-utils
apache2-mpm-prefork
php5 php5-common
mysql-server
mysql-common
libapache2-mod-php5
php5-mysql
phpmyadmin

ATENÇÃO:

apt-get remove --purge splashy

...porque a splashy sempre corrompe o mysql

O arquivo de configuração do Apache fica em: /etc/apache2/apache2.conf e sua pasta web é /var/www

Para confirmar que o php está instalado e rodando de forma apropriada, crie o arquivo 'test.php' em sua pasta /var/www com a função phpinfo(), exatamente como mostrado abaixo:

mcedit /var/www/test.php

# test.php
<?  phpinfo(); ?>

Aponte seu navegador para:

http://localhost/test.php
ou
http://yourip:80/test.php

Isso deve mostrar toda a configuração de seu php.

Você pode editar valores necessários ou criar domínios virtuais usando o arquivo de configuração do Apache.

Se quiser testar sua instalação, digite o seguinte no navegador:

http://seu_endereço_IP/apache2-default/

Se você vir uma mensagem de boas-vindas, então a instalação está correta.

O diretório de documentos padrão do Apache2 é /var/www. Digite os comandos abaixo para mudá-lo:

mkdir /home/seu_nome_de_usuário/www
ln -s /home/seu_nome_de_usuário/www /var/www

Agora, você já pode editar seu site dentro de sua pasta /home, como usuário comum.

Clientes FTP

Use SSH e leia atentamente o tópico sobre o SSH . O aptosid também possui outro cliente FTP incorporado, usando o Konqueror, que lhe permite transmitir (upload) seus arquivos.

Como habilitar bons protocolos de segurança em servidores Web

Firewalls

Sem um firewall, seu servidor fica absolutamente sem segurança. Lembre-se de bloquear TUDO, desbloquear momentaneamente o que precisar e voltar a BLOQUEAR logo em seguida!!

21 (ftp)
22 (SSH)
25 110 (email)
443 (SSL, http ou https)
993 (imap, ssl)
995 (pop3, ssl)
80 (http)
... e quaisquer outras portas!

Proteja arquivos de servidores

Um aspecto do Apache que às vezes é mal-entendido é seu 'default access' (acesso padrão). Funciona assim: a menos que você altere o padrão de comportamento, se o servidor conseguir encontrar um arquivo pelas regras normais de mapeamento de URL, ele poderá disponibilizá-lo para os clientes.

Para ilustrar, veja o seguinte exemplo:

 1. # cd /; ln -s / public_html
 2. Accessing http://localhost/~root/

Isso permite aos clientes navegar por o todo o sistema de arquivos! Para impedir isso, adicione o seguinte bloqueio à configuração de seu servidor:

<Directory />
   Order Deny,Allow
   Deny from all
</Directory>

Com isso fica proibido o acesso padrão ao sistema de arquivos. Adicione bloqueios aos <Directory> (Diretórios) apropriados, de forma a permitir o acesso somente àquelas áreas que você desejar. Por exemplo:

<Directory /usr/users/*/public_html>
    Order Deny,Allow
    Allow from all
</Directory>
<Directory /usr/local/httpd>
    Order Deny,Allow
    Allow from all
 </Directory>

Preste atenção, particularmente, à interação entre as diretivas <Location> (Local) e <Directory> (Diretório); por exemplo, ainda que <Directory /> negue acesso, uma diretiva <Location /> se sobreporá a ele.

Cuidado também ao brincar com a diretiva UserDir; configurando-a para algo do tipo "./" terá o mesmo efeito, para o root, do primeiro exemplo acima. Se você estiver usando o Apache 1.3 ou superior, recomendamos que inclua a seguinte linha no arquivo de configuração do servidor:

UserDir disabled root

SSL

Rode o script “apache2-ssl-certificate”

# apache2-ssl-certificate

Aparece a seguinte tela, onde você deverá fornecer todas as informações solicitadas (para deixar um campo em branco, digite ".", sem as aspas):

Creating self-signed certificate
replace it with one signed by a certification authority (CA) enter your ServerName at the Common Name prompt. If you want your certificate to expire after x days call this programm
with -days x
-----
Generating a 1024 bit RSA private key
--------
writing new private key to '/etc/apache2/ssl/apache.pem'
--------
You are about to be asked to enter information that will be incorporated into your certificate request.
-----------
What you are about to enter is what is called a Distinguished Name or a DN. There are quite a few fields but you can leave some blank. For some fields there will be a default value,
----------
If you enter '.', the field will be left blank.
Country Name (2 letter code) [GB]:    [Nome do país, com 2 letras]

State or Province Name (full name) [Some-State]:    [Nome do estado, por extenso]

Locality Name (eg, city) []:    [Nome da cidade]

Organization Name (eg, company; recommended) []:    [Nome da empresa]

Organizational Unit Name (eg, section) []:    [Nome da Unidade Organizacional]

server name (eg. ssl.domain.tld; required!!!) []:    [Nome do servidor; obrigatório]

Email Address []:    [Endereço de email]

Rode o script “a2enmod ssl”:

 # a2enmod ssl

Ele vai gerar, automaticamente, um link simbólico entre mods- available e mods – enabled

Faça uma cópia do arquivo '/etc/apache2/sites-available/default' em /etc/apache2/sites-available/ - com o nome de 'ssl':

# cp /etc/apache2/sites-available/default /etc/apache2/sites-available/ssl

Faça um link simbólico para essa novo arquivo de configuração:

#  ln -s /etc/apache2/sites-available/ssl /etc/apache2/sites-enabled/
OU
#a2ensite ssl

Se você quiser mudar qualquer coisa na configuração básica, faça-o no arquivo /etc/apache2/apache2.conf e se quiser mudar o documento root padrão, edite o arquivo /etc/apache2/sites-available/default; em seguida, reinicie o servidor Apache.

Para reiniciar o servidor Apache, digite o comando:

#/etc/init.d/apache2 restart

Agora precisamos alterar o endereço da porta no arquivo /etc/apache2/ports.conf. O padrão é escutar na porta 80, mas como estamos instalando o SSL, teremos de mudar para a porta 443:

 Listen 443

Edite o arquivo /etc/apache2/sites-available/ssl (ou qualquer que seja o nome do arquivo de configuração de seu novo site SSL) e altere a porta 80 no nome do site para 443.

Adicione as linhas seguintes no final do arquivo /etc/apache2/apache2.conf:

  SSLEngine On

  SSLCertificateFile /etc/apache2/ssl/apache.pem

Edite o arquivo SSLCertificateFile /etc/apache2/ssl/apache.pem e entre com os locais do arquivo de certificado e do arquivo com a chave. Um exemplo:

SSLCertificateFile /etc/apache2/ssl/online.test.net.crt
SSLCertificateKeyFile /etc/apache2/ssl/online.test.net.key

Agora, edite o arquivo /etc/apache2/apache2.conf para configurar ServerSignature para 'off' (desabilitado):

  ServerSignature Off
 ServerTokens ProductOnly

Se você quiser permitir os diferentes tipos de arquivos de índice, confirme que existe a seguinte linha no arquivo /etc/apache2/apache2.conf:

 DirectoryIndex index.html index.cgi index.pl index.php index.xhtml index.shtml

Reinicie o Apache:

 /etc/init.d/apache2 restart

Agora você já deve ter um servidor para testes. Se desejar conectá-lo com a Internet, NÃO O FAÇA!... use outro PC, dedicado a ser apenas e tão somente seu servidor Web!

Fontes::

http://www.mysql-apache-php.com

http://httpd.apache.org/docs/1.3/misc/security_tips.html

http://www.debianhelp.co.uk/webserver.htm

Content last revised 14/08/2010 0100 UTC